Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

Buscar  
Brasil

Publicada em 23/09/20 às 07:44h - 27 visualizações
Atualizado em 23.09.20 as 09h00 Domènec rebate jornalista da Globo: “Você está viajando”

Urubu News


www.urubunews.com.br  (Foto: Urubu News)
Após a emocionante vitória por 2 a 1 sobre o Barcelona de Guayaquil, pela Conmebol Libertadores, o técnico do Flamengo, Domènec Torrent, mostrou mudança de postura em sua coletiva, se exaltou e fez um longo desabafo, tratando de vários temas.

Ao ser questionado sobre seus “50 dias de treinos” no futebol brasileiro por uma repórter, ele ficou claramente contrariado e disse que a jornalista estava “viajando” ao fazer tal afirmação.

Em seguida, fez longo discurso, no qual citou até Jürgen Klopp, treinador do Liverpool.



Veja o desabafo:


“Primeiro de tudo, nós estamos há 50 dias no Brasil, mas não treinamos 50 dias. Você (repórter) está viajando. Só as pessoas que jogaram futebol e foram técnicos podem compreender. Os jogadores não são máquinas. Eles não treinaram 50 dias. Só treinamos 10 dias! Estamos viajando o tempo todo, e vários jogadores não podem treinar com o elenco, porque têm que fazer a recuperação física. Não sei quantos jogadores terei para o próximo jogo”

“Quando eu falo dos treinadores, não é só do Dome. Eu respeito muito os treinadores. Mas, no Brasil, na 4ª rodada (do Brasileiro) ter sete demitidos é uma loucura! Ninguém tem tempo para treinar. Como você quer avaliar o trabalaho do técnico? É impossível”


Tocador de vídeo
00:00
01:18



“O Klopp, nos primeiros três anos de Liverpool, não ganhou nada. Teve tempo, e agora tem uma equipe maravilhosa. Time de futebol não tem ‘liga e desliga’ como a luz. É preciso tempo e trabalho”


“Eu estou de acordo com você. Temos que ser mais consistentes, e não jogar só 35, 45, 65, 70 (minutos). Mas precisamos de treinamentos. Estamos longe, aqui não conseguimos treinar, teve problema com viagem, até vulcão. Mas, se vocês não entendem isso, eu não consigo explicar. Repito: não serve só para o Dome, mas para qualquer técnico brasileiro também”

“Que continuidade? Eu não controlo isso! Só estou focado em trabalhar. Se não entendem isso, não entendem nada. Aqui, quando perde uma partida, está fora. Na Europa, é diferente. Eu entendo o que acontece fora, entendo que há torcedores que não aceitam uma derrota por 5 a 0. Para mim, como técnico, é claro que é uma vergonha (perder de 5 a 0), mas não tenho que me preocupar com o que acontece fora”


“Esse é meu trabalho. O que falaram fora é sempre o mesmo. Aqui no Brasil, mais ainda. Tenho que aceitar isso, pois sou técnico do Flamengo, um grande clube da América. Mas as pessoas têm que lembrar que o Flamengo, assim como nenhum clube do Brasil, ganha todos os anos”


“O Tite falou sobre isso. Se não mudarem o que acontece com os técnicos no Brasil, vão ter problemas no futuro. Eu já tenho uma certa idade e experiência. O mais importante é estar focado no elenco, em jogar melhor. Não é suficiente jogar 35 minutos, eu sei. Mas não sei se vocês sabem o qeu aconteceu aqui (no Equador) esses dias. Teve dia que não conseguimos treinar”



“Mas, para mim, pressão não existe. Pressão é para diretoria, porque eles leem na imprensa, veem na televisão… Eu não posso controlar isso. Mas não quero perder um segundo do meu trabalho e da minha vida nisso. O que acontece fora eu não consigo controlar”.


Fonte: ESPN




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:






No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Peça sua Música

  • Tony Silva
    Cidade: Brasil
    Música: Sunday Bloody Sunday
  • Sérgio Sales
    Cidade: Brasil
    Música: Faroeste Caboblo - Legiao Urbana
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 425448 Usuários Online: 87


Parceiros
















Copyright (c) 2020 - Urubu News - Todos os direitos reservados